Faça as pazes com seu cabelo!

Postado por Cantinho da Beleza e Cia. às 22:13:00
Reações: 
Para vencer a batalha contra os fios revoltos, sete mulheres recorreram a produtos certeiros e vários truques! Confira!!!


1. Cortar é a solução:




Desfiado para os lisos


"Durante anos meu cabelo limitou minha vida social. Isso porque, antes de sair, eu tinha que ir para casa depois do trabalho e arrumá-lo. Como era comprido, ficava todo marcado por causa da touca de dentista que uso o dia inteiro. Era quase uma hora e meia para lavar, secar, modelar com escova. Já não agüentava mais essa vida, até que, por sugestão do meu marido, passei a tesoura e o deixei curto. Adorei! Hoje, além de não perder mais meu tempo precioso, me sinto mais moderna com esse look desfiado, do tipo lavou, passou uma pomada e está pronto!" - Ana Paula Donato Borges, 33 anos, dentista, de São Paulo.


Em camadas para os crespos


"Sempre fui escrava da dupla secador-chapinha. Se não ia para o salão, demorava até duas horas para alisar os fios crespos em casa. Cheguei até a comprar uma prancha caríssima, com infravermelho e tudo. E, quando não conseguia alisar, usava rabo-de-cavalo a semana inteira. Um dia, minha irmã, que tem cabelo igual ao meu, mudou o visual com um cabeleireiro. Resolvi arriscar e pedi para fazer o mesmo: ele cortou em camadas, no estilo da atriz Priscila Fantin. A-m-e-i! O corte soltou os cachos, que não armam mais, e ainda deixou as pontinhas viradas para fora. Agora eu lavo com xampu para cabelo seco, passo creme sem enxágüe e vou trabalhar com ele molhado. Algumas horas depois, ele está ótimo." - Carla Pinheiro, 24 anos, fisioterapeuta, de Pedregulho (SP).



2. Assuma os cachos:




Cachos sexy


"Já fui muito frustrada com meu cabelo enrolado. Cheguei a só andar de rabo-de-cavalo, entrei de cabeça na escova progressiva... Mas tudo mudou quando fui trabalhar como recepcionista em um salão e tive contato com produtos de beleza. Aos poucos, aprendi a usá-los. Descobri que com um pouco de creme sem enxágüe para cabelo cacheado e pomada meu cabelo fica incrível. Com tudo isso, acho meus cachos muito sensuais!" - Fernanda Carolina Bruno da Sena, 23 anos, recepcionista, de Igaratá (SP).


Ondas à la Gisele

"Sou médica, não tenho tempo para nada. Mesmo assim, me obrigava a ir duas vezes por semana ao salão para fazer escova. Sem contar os retoques mensais nas luzes loiríssimas que tinha a partir da raiz. Fui a um cabeleireiro, que entendeu meu estilo de vida e me ajudou a sair dessa rotina limitante. Ele sugeriu que eu adotasse mechas californianas, que pedem retoques apenas a cada quatro meses. Além disso, me ensinou a valorizar o caimento natural das ondas do meu cabelo com difusor, bobes e babyliss. Sinceramente, me sinto mais bonita assim, sem exigir que meu cabelo seja algo que ele não é." - Daniela Gomes, 31 anos, médica, de São Paulo.




3. Dome o volume:




 
 
Repicado na medida


"Meu cabelo é liso, mas tem muito volume. Para domá-lo, fui dependente de escova por cerca de dez anos. Como nunca saía de casa com o cabelo molhado, tinha que me policiar para lavá-lo quando desse tempo de fazer o brushing. Até que perdi a paciência de gastar tanto tempo com ele, ainda mais com meu dia-a-dia muito complicado. Resolvi mudar e procurei um cabeleireiro, que me propôs um corte repicado. O bacana é que com apenas um produto, o Super Sculp, Paul Mitchell (uma loção sem enxágüe que doma o volume e modela ao mesmo tempo), eu resolvo o meu look! Basta lavar, espalhar o creme na palma da mão, amassar o cabelo de baixo para cima e está pronto." - Taísa Martinelli, 24 anos, psicóloga, de São Paulo.


Chá verde antifrizz

"Meu cabelo sempre foi grosso e volumoso. Acabei me rendendo à chapinha, mas confesso que o resultado artificial e sem leveza não me agradava muito. Tentei xampus e condicionadores, mas o que deu jeito mesmo foi o chá verde, receita roubada de um programa de tevê. Uma vez por semana, jogo bastante chá na raiz, massageio bem, coloco uma touca e deixo por alguns minutos. Depois lavo com meu xampu e condicionador habituais. Ele fica exatamente como quero: sem volume, sem fios arrepiados e com muito brilho." - Viviane F. Ackermann, 23 anos, auxiliar de escritório, de Tangará da Serra (MT).



4. Mude a cor:

"Meu cabelo é naturalmente castanho-escuro, mas já colori de vermelho, de loiro... Nos últimos cinco anos, fazia luzes bem claras, no tom loiro-trigo, e sofria muito com o ressecamento excessivo das pontas, decorrente dos constantes retoques — sem falar da grana que eu gastava! Um dia fui ao salão fazer raiz e o cabeleireiro deixou cair tinta no meu pescoço e manchou minha camiseta. Foi a gota d’água: cansei de passar maus bocados por causa do meu cabelo. Resolvi virar o jogo e voltar à cor original. Senti um grande alívio por ter me livrado daquele ritual todo e, principalmente, das pontas secas. Hoje curto o meu “novo” cabelo, do jeito que ele é. Faço economia, ganho tempo e as madeixas estão com aparência saudável, como eu gosto." - Paola Máximo, 25 anos, produtora editorial, de São Paulo.

1 comentários:

Ana Carolina Garrana on 18 de maio de 2010 12:26 disse...

Adorei o post !
Eu também já fiquei muito tempo usando rabo de cavalo por causa dos meus cachos ... Agora eu meio que assumo ...

http://creusa-vaidosa.blogspot.com/

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante para o Blog!!!

 

Cantinho da Beleza e Cia. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Customizado pelo Cantinho do Blog. Imagens Jogo de Meninas e pngs Deviantart