Avaliação de Tinturas Vermelhas

Postado por Cantinho da Beleza e Cia. às 23:51:00
Reações: 
No Brasil, oito em cada dez mulheres são adeptas da coloração para os cabelos, por isso a PROTESTE Associação de Consumidores achou importante verificar como está a qualidade dos produtos ofertados pelo mercado.

O país detém a liderança do ranking de consumo de tintas para cabelos com 14% do mercado. A conclusão é que há boa oferta de produtos da cor vermelha no mercado, mas é fundamental a atenção à embalagem e à qualidade dos produtos. A forma de apresentação da classificação dos produtos confunde os usuários.

Sobras de tintura, por exemplo, não devem ser armazenadas, pois podem explodir devido à pressão imposta à mistura pelo revelador. Além disso, não se deve utilizar a tinta para colorir cílios e sobrancelhas, pois há o risco de provocar cegueira.

A PROTESTE alerta que é fundamental fazer a prova do toque, para evitar alergias – dos 40 voluntários que participaram do teste, pelo menos 20% apresentaram algum tipo de reação. Mas nenhuma das marcas testadas tinham metais pesados na fórmula.

A PROTESTE comparou oito marcas de tinta permanente vermelha em mechas padronizadas brancas e castanhas, e também testou os produtos com voluntários (um cabeleireiro aplicou os produtos). Foram avaliados, entre outros itens, a resistência à lavagem, a eficiência na coloração, a homogeneidade, o brilho e a intensidade da cor.

As marcas testadas foram : Koleston – vermelho cereja; Biocolor – Acaju Púrpura; Garnier Nutrisse – Castanho claro vermelho intenso; L’Oréal Imédia – Vermelho aveludado; Maxton – Acaju Púrpura; Cor & Ton – Acaju; Avon Advance Techniques – Loiro escuro acaju avermelhado; e Beauty Color – Loiro acobreado vermelho.

Para o exame das mechas foram usados fios naturais e tingidos três mechas com cada produto. A seguir, foram lavados e colocado o cabelo molhado, após o enxágue, sobre um tecido branco para verificar se havia migração da tinta do cabelo para o tecido.

A variedade de marcas e a quantidade de tons seduzem o consumidor ávido por novidades. Mas não há um padrão oficial para as nuances nas embalagens, o que dificulta a vida de quem não encontra o produto que está acostumado a usar ou deseja trocar a marca sem mudar a cor.

Justamente a tinta que mais mancha a pele e as roupas na primeira lavagem – Koleston – se destacou por ser o que melhor cobre os cabelos brancos, além de proporcionar a coloração mais duradoura. Também foi o que recebeu a melhor avaliação dos cabeleireiros quanto ao volume, à tonicidade dos cabelos, ao brilho e à homogeneidade. Mas é uma das mais caras.

A Biocolor, que é mais barata, também cobre bem os fios brancos e proporciona coloração intensa, brilhante e correspondente à indicada na embalagem. A principal diferença em relação à Koleston é que após 15 lavagens a cor já não está tão homogênea.

Os voluntários observaram por uma semana o cheiro do produto, do cabelo e do creme de tratamento, manchas na pele, brilho, cobertura dos fios brancos, flexibilidade e maciez do cabelo, a coloração após uma semana e se a cor ficou conforme o esperado.

Com relação às substâncias alergênicas, Koleston, Avon Techniques e Cor & Ton afirmam que “podem conter” algumas substâncias irritantes (apesar dessa forma de referência ser permitida pela lei, são necessárias informações concretas, que podem servir de referência para pessoas alérgicas).

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante para o Blog!!!

 

Cantinho da Beleza e Cia. Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Customizado pelo Cantinho do Blog. Imagens Jogo de Meninas e pngs Deviantart